Emprego

Vaga para Oficial de Agircultura e Meios de Vida

176views

A CARE Internacional pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Oficial de Agircultura e Meios de Vida (M/F), baseado em distritos de Nacala-Porto (Nampula).

Resumo do Trabalho

O/A Oficial de Agricultura e Meios de Vida irá reportar ao Coordenador da Nutrição e será responsavel por supervisionar a qualidade da implementação dos serviços a nível distrital e as intervenções do projeto visando melhorias sustentáveis na Nutrição, VSLA, Género. Estas intervenções abrangerão contactos individuais com mães e agregados familiares, promovendo o crescimento e o apoio a sectores relacionados com a nutrição (por exemplo, a segurança alimentar, Wash, a Agricultura, a Educação, a saúde) para garantir um maior impacto nutricional. Desenvolver um plano de trabalho em colaboração com os membros da equipa do projeto, de acordo com o plano do projeto. Garantir que componentes específicos do projeto sejam implementados de acordo com os objetivos e resultados esperados, ambos em relação ao projeto. A posição será baseada no distrito de Nacala-Porto, na província de Nampula. O posto é especificamente orientado para a resposta de emergência WASH no contexto do conflito armado.

Responsabilidades

Responsabilidade de função #1 Garantir a qualidade e implementação oportunas de todas as atividades no distrito

  • Fornecer conhecimento técnico global e gerenciamento de todas as atividades relacionadas à agricultura;
  • Envolver e construir relacionamentos fortes com os membros da comunidade, analisar os dados coletados para identificar lacunas relacionadas à agricultura, elaborar planos de acção prioritários e módulos de treinamento sobre técnicas agrícolas aprimoradas, mecanizações, insumos, em parceria com a comunidade;
  • Realizar reuniões regulares para analisar o andamento das atividades e implementação do componente meios de vida e Agricultura, com a equipe do projeto e os principais parceiros do governo;
  • Assegurar a qualidade das intervenções nas diferentes fases de execução do projeto;
  • Assegurar o registo da informação nas diferentes fases do projeto, arquivando os dados tanto qualitativa como quantitativamente;
  • Envolvido em comissões distritais multissectoriais, segurança alimentar, indústria, profissionais de saúde e agências/atores governamentais envolvidos na implementação de políticas de fortificação de alimentos a nível distrital;
  • Participar nos grupos de trabalho da CODSAN a nível distrital e trabalhar com comités multissectoriais para fortalecer as suas capacidades de coordenação e colaboração para melhorar a implementação de políticas;
  • Assegurar a execução do plano de trabalho de acordo com os prazos de cada atividade;
  • Liderar a implementação de intervenções de geração de renda/desenvolvimento de grupos de mulheres e grupos mistos e garantir a recuperação dos meios de subsistência;
  • Assegurar que a componente agrícola é implementada nos prazos/períodos adequados de acordo com o tipo de cultura e ano agrícola;
  • Articular estreitamente com outras agências que trabalham nas mesmas regiões geográficas e/ou setores para garantir a coordenação e evitar a sobreposição de atividades;
  • Se necessário, representar a Care noutros fóruns de coordenação distrital relevantes, incluindo a gestão de relações estratégicas com SDAE, equipas distritais de saúde e parceiros a nível distrital e outros parceiros de implementação;
  • Apoiar a identificação de novas CBOs, se necessário, para fortalecer a rede comunitária e melhorar a participação das mulheres e o poder de decisão nas famílias e na comunidade;
  • Estabelecer um sistema de controle de qualidade e oportunidade de implementação de projetos a nível distrital.

Responsabilidade de Função #2 Planeamento, Monitoria & Avaliação, Aprendizagem

  • Implementar e monitorizar o plano de trabalho para grupos focais em distritos designados;
  • Monitorizar estatísticas de relatórios de actividades mensais , relatórios de serviços distritais e avaliar áreas para melhoria da qualidade;
  • Implementar planos de melhoria de desempenho nos distritos atribuídos e expandir intervenções para promover a integração contínua do serviço, qualidade e eficácia (quando necessário).

Responsabilidade de Função #3 Formação e Assistência Técnica

  • Com o apoio do Coordenador de Nutrição organizar e realizar sessões de formação relevantes e apropriadas para os parceiros locais, voluntários, comunidades, mães líderes e outros prestadores de cuidados;
  • Fornecer informação técnica sobre geração/desenvolvimento de rendimentos e actividades agrícolas aos beneficiários;
  • Facilitar a formação técnica aos beneficiários para implementar actividades geradoras de rendimentos e agricultura;
  • Assegurar que o insum que o projecto proporciona vai ao encontro das necessidades dos beneficiários;
  • Promover a implementação de campos escolares para a disseminação de técnicas agrícolas;
  • Acompanhar a adopção de técnicas nos campos de produção;
  • Acompanhar o progresso da implementação das actividades de geração de bilhetes;
  • Assegurar apoio técnico aos parceiros locais e outros projectos CARE quando solicitado;
  • Estabelecer boas relações de trabalho com a sociedade local, órgãos governamentais distritais e outras partes interessadas;
  • Identificação contínua de prestadores de serviços em diferentes áreas de implementação de projectos, bem como parcerias com a indústria privada;
  • Trabalhar de perto com líderes comunitários, voluntários, facilitadores da implementação, prestadores de cuidados e comunidades em geral nas actividades do projecto e divulgação;
  • Actuar como oficial de ligação com parceiros governamentais a nível distrital.

Requisitos

  • Licenciatura ou Bacharelato em Agronomia, Segurança Alimentar, Nutriçao, Antropologia Social, Desenvolvimento, Estudos de Desenvolvimento Rural ou areas afins;
  • Pelo menos 3 anos de experiência em Agricultura, Segurança Alimentar, Programas de melhoria da nutrição e implementação de projetos em Moçambique;
  • Experiência com abordagens técnicas que podem incluir IYCF, PD/ Hearth, Monitoria e Promoção do Crescimento, Fortificação de Alimentos;
  • Pelo menos 3 anos no cargo de Supervisor de Campo a nível do projeto, de preferência numa organização internacional de desenvolvimento;
  • Fortes competências de facilitação na comunidade;
  • Experiência e compromisso de trabalhar em parceria com outros;
  • Competências de comunicação eficazes;
  • Fluente em língua inglesa e línguas locais (Emakhua) é uma vantagem adicional;
  • Uma forte compreensão das questões de género e desigualdade;
  • Gosta de trabalhar diretamente com as comunidades.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Nota: Ao submeter a sua candidatura citar o nome da vaga no assunto de email.

A CARE Moçambique é um empregador com Igualdade de Oportunidades. Incentivamos candidaturas de mulheres, as pessoas com deficiência e outros grupos desfavorecidos. Não toleramos qualquer tipo de assédio, Abuso e Exploração Sexual entre trabalhadores, Parceiros de Implementação e Beneficiários. Não fazemos nenhum tipo de cobranças para nenhum tipo de contratação e não procedemos por via de agentes de recrutamento. Oferecemos um pacote de compensação competitiva e a possibilidade de construir uma carreira no sector de desenvolvimento, através de um engajamento a longo prazo e acesso aos recursos e experiência pelo mundo. Só os candidatos selecionados serão contactados.

Data de validade: dezembro 31, 2022
Localização: Nacala, Nampula

Pode candidatar-se a esta vaga enviando um email para moz.recrutamentos@care.org

Leave a Response